segunda-feira, 3 de agosto de 2009

**~** Saudade **~**


Saudade não tem forma nem cor;
não tem cheiro nem sabor.
Fala-se nela, mas não se vê;
só pensa nela quem acredita.
Ela é parte da ausência;
ela é parte do amor;
ela tem realidade,
mas quem a tem sente dor,
uma dor miudinha
, que cresce no coração,
e que nunca vem sozinha…
Acompanha a solidão;
quem a sente nunca esquece,
nem nunca esquecerá,
o sentimento que não adormece,
por alguém que não está!
*****


4 comentários:

Adolfo Payés disse...

Leerte en la madrugada es un lujo. a estas horas..

Un saludo fraterno con cariño.
Abrazos muy grande
Besos.. preciosa.

silvo disse...

La ausencia suele hacer más fuertes los sentimientos, muy bello Proncesa, beijinhos

Andresa disse...

Ola Princesa, aqui estou , conhecendo e explorando seus blogs...

Admirada com tantas poemas lindos .

Um grande abraço...

Alvaro Oliveira disse...

Olá PRINCESA

Lindo este poema!...bem escrito,
profundo e suave.
A saudade é um refortalecimento
dos sentimentos. Não tem cor, mas dá cor ao sentimento. Só sentimos a saudade daquilo que gostamos. E se no amor sentimos saudade, é
porque amamos de verdade a quem
nos faz sentir saudade.

beijinhos

Alvaro