quarta-feira, 14 de outubro de 2009

~~-~~ Sinto-me livre ~~-~~


Sinto-me livre....
livre por ainda poder fazer a escolha.
É uma liberdade que consola a alma,
que inspira para a vida.
É um mistério que 
delicia os meses, as semanas, os dias...
horas que acalentam com preciosidade, 
que fazem com que sinta a poesia no meu existir
onde o tempo é caminho que 
leva ao meu destino.
Luz que brilha ao longe,
cada vez mais perto. 

4 comentários:

Flavio Ferrari disse...

O livre arbítrio é uma ilusão
Mas a sensação de liberdade
Acalenta o coração

Adolfo Payés disse...

Como brillan tus versos poeta.

Un beso

Un abrazo
Saludos fraternos...

silvo disse...

Libertad es una grandiosa palabra que entraña muchos conceptos como los que bellamente expresas en este poema Princesa, beijinhos

Alvaro Oliveira disse...

Olá Princesa

Princesa da poesia! hoje está em pleno, transcendental.
Bendita inspiração.
E mais palavras não tenho.
Todos os poemas falam por si.
Maravilhoso dia!

Beijinhos

Alvaro