terça-feira, 23 de novembro de 2010

~~º~~ Sonhos ~~º~~


Fechei os olhos
e sonhei que sonhava
navegar num rio
de mágoas choradas
em lágrimas das palavras
recusadas
os dedos das minhas mãos
eram um aluvião
de carícias rejeitadas
e no meu corpo
respirava um pôr-do-sol
cadenciado pelos despojos
dum desejo
que teima em não encontrar
um corpo onde se render

ao ‘acordar’
a maré vazara
e o sonho em que me afundara
era real

1 comentário:

silvo disse...

Me gusta el poema, besos Princesa