segunda-feira, 9 de novembro de 2009

~~º~~ Quando ~~º~~


Quando tudo te parecer triste e sem vida;

Quando a brisa da manhã e o orvalho da relva não mais reluzir ao passares;

Quando tudo te deixar triste e sem esperança;

Quando o sol não aquecer mais o teu corpo;

Quando tudo for motivo de choro e de zangas;

Quando o som da fina chuva ao cair da tarde não mais te acordar;

Quando tudo for desespero e indiferença;

Quando tudo perder a cor e o brilho;

Quando a tarde escurecer e as estrelas perderem o brilho;

Quando tudo for medo e solidão;

Quando tudo for apenas lembranças amargas e dolorosas;

Quando tu perceberes, que tudo o que mais precisas é de um amigo,

Não te esqueças,

Que eu estarei aqui,

Como sempre estive.

3 comentários:

silvo disse...

Estarás con tus bellas palabras, con tus poemas que llenan de esperanza, estarás Princesa, beijinhos e boa semana

Adolfo Payés disse...

en tus poemas se siente siempre el amor..


Un beso


Un abrazo
Saludos fraternos

Que tengas una semana excelente.

Alvaro Oliveira disse...

OLÁ PRINCESA

"QUANDO"!
SEM DUVIDA, UM GRANDE SENTIMENTO DE AMIZADE! SENTIMENTO PECULIAR
DE SEU CORAÇÃO. BELO POEMA.

BEIJOS

ALVARO